ArabicChinese (Traditional)EnglishFrenchPortugueseSpanish
Valy, o Príncipe Difícil e a Leoa
Costa do Marfim

/

África

Era uma vez um rei rico que tinha apenas um filho, Valy, o único herdeiro. Quando se tornou adulto, Tchêkô, seu pai, o encorajou a se casar. Certa noite, ele convidou toda a aldeia e pediu a todas as moças bonitas de sua tribo que aparecessem no palácio. Sua vontade foi feita. As meninas chegaram e desfilaram, uma atrás da outra, sob o olhar do rei, do príncipe e de toda a nobreza. Mas o príncipe encontrou objeções a todos eles, a ponto de seu pai e toda a nobreza o qualificarem como uma criança difícil. Ele prometeu que se casaria quando chegasse a hora, ou seja, quando conhecesse uma mulher do seu gosto.

Um dia uma menina muito bonita apareceu na aldeia. Ela deu três voltas pela aldeia. Em todos os lugares as pessoas falavam de sua beleza extraordinária. Valy foi procurar Tchêkô e lhe disse: “Pai, meu tão esperado amor chegou. Vamos celebrar o casamento hoje.”

“Mas quem é ela? Nós nem a conhecemos, não sabemos de que vila ela vem ou de qual família. Seja um pouco mais paciente, meu filho!”

“Não! É agora ou nunca.”

O rei cedeu; um casamento principesco foi celebrado. Ao cair da noite, o príncipe juntou-se à noiva no quarto conjugal. Mas no meio da noite, gritos vieram de sua cabana. Os homens vieram correndo. Estranhamente, eles encontraram o príncipe morto, dilacerado por uma leoa furiosa que saltou, contra todas as probabilidades, para se fundir no mato.

Compartilhar

Lendas e Mitos Relacionados

Arabic AR Chinese (Traditional) ZH-TW English EN French FR Portuguese PT Spanish ES